Fundo TESTE

Informações Gerais:

Razão Social: FIDC de TESTE

Gestor:

Tipo de fundo:

CNPJ: 18.351.180/0001-11


Risco do investimento:

Risco do Investimento Médio


Documentos para download:


Descrição e objetivos de investimento

O objetivo de investimento do FUNDO é buscar proporcionar aos cotistas, no longo prazo, rentabilidade compatível com o risco assumido, por meio de uma carteira diversificada de títulos, valores mobiliários e modalidades operacionais disponíveis no âmbito do mercado, inclusive operações nos mercados de derivativos, com a possibilidade de envolvimento de diversos fatores de risco, sem o compromisso de concentração em nenhum fator de risco ou ativo financeiro em especial.

Público-alvo

O  FUNDO  destina - se,  exclusivamente,  a  um  pequeno  grupo  fechado  de  investidores profissionais,  cujo  investimento  inicial  mínimo  no FUNDO seja de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais), por investidor, e que, adicionalmente possuam situação financeira, objetivo de investimento e tolerância a riscos compatíveis c om o objetivo e a política de investimento do FUNDO e que conheçam, entendam e aceitem os riscos relacionados ao investimento no FUNDO, sendo vedada a aplicação de recursos pelo público em geral.

Política de investimento

Aplicar seus recursos em:

I. títulos da dívida pública;

II.    contratos derivativos, incluindo, mas não se limitando a “ swaps ”, futuros, termo e opções relacionadas a diversos ativos, tais como juros, c âmbio, ouro, dívida externa, ações ou índices  sobre  ações,  com  o  objetivo  de  proteção  da  carteira  (“hedge”),  alavancagem, arbitragem e/ou posicionamento em estratégias, em valores superiores ao patrimônio do FUNDO, sem quaisquer limites operacionais e de risco preestabelecidos ;

III.   desde que a emissão ou negociação tenha sido objeto de registro ou de autorização pela CVM,  ações,  debêntures,  bônus  de  subscrição,  seus  cupons,  direitos,  recibos  de subscrição  e  certificados  de  desdobramento,  certificados  de  depósito  de  valores mobiliários,  cédulas  de  debêntures,  notas  promissórias,  e  quaisquer  outros  valores mobiliários;

IV.  títulos  ou  contratos  de  investimento  coletivo,  registrados  na  CVM  e  ofertados publicamente,  que  gerem  direito  de  participação,  de  parceria  ou  de  remuneração, inclusive resultante  de prestação de serviços, cujos rendimentos advêm do esforço do empreendedor ou de terceiros;

V.   certificados  ou  recibos  de  depósitos  emitidos  no  exterior  com  lastro  em  valores mobiliários de emissão de companhia aberta brasileira;

VI.  o ouro, ativo financeiro, desde que negociado em padrão internacionalmente aceito;

VII.  quaisquer títulos, contratos e modalidades operacionais de obrigação ou coobrigação de instituição financeira;

VIII.    empréstimos de  títulos e/ou valores mobiliários, de acordo com a regulamentação em vigor;

IX.   operações compromissadas, de acordo com a regulamentação em vigor;

X.   cotas de fundos de investimento e de fundos de investimento em cotas de fundos de investimento  de  diversas  classes  e  modalidades  regulamentadas  pela  CVM,  de  acordo com a regulamentação em vigor; e

XI.   “warrants”,  contratos mercantis de compra e venda de produtos, mercadorias ou serviços para entrega ou prestação futura, títulos ou certificados representativos desses contratos e  quaisquer  outros  créditos,  títulos,  contratos  e  modalidades  operacionais,   tais  como Cédulas de Crédito Bancário (“CCB”), Certificados de Cédula de Crédito Bancário (“CCCB”), Cédulas  de  Crédito  Industrial  (“CCI”),  Certific ados  de  Investimento  Audiovisual  (“CIA”), Letras  Crédito  do  Agronegócio  (“LCA”),  Certificados  de  Recebíveis  do  Agronegócio (“CRA”), Certificados de Direitos Creditórios do Agronegócio (“CDCA”), Letras de Câmbio (“LC”),  Export  Notes,  Duplicatas;  Certificado s  a  Termo  de  Energia  Elétrica  (“CTEE”);

Cédulas  de  Produto  Rural  (“CPR”);  Certificados  de  Depósito  Agropecuário  (“CDA”);

Cédulas de Crédito à Exportação (“CCE”); Cédulas de Crédito Imobiliário (“CCIM”); Notas de  Crédito  à  Exportação  (“NCE”);  Cédulas  de  Crédito  Comercial  (“CCC”);  Cédulas  de Crédito Rural (“CCR”); Notas de Crédito Comercial (“NCC”); Notas de Crédito Industrial (“NCI”); e Notas de Crédito Rural (“NCR”) .

Condições de aplicação, amortização (se for o caso) e resgate (cotização)

Aplicação: D+0 (Valor da cota apurado na data da aplicação)

Resgate: D+0 (Valor da cota apurado na data da solicitação do resgate)

Pagamento de Resgate: D+1 (1º dia útil subsequente à data da conversão de cotas)

Limites mínimos e máximos de investimento e valores mínimos para movimentação e permanência no fundo de investimento

Aplicação Mínima inicial: R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais)

Aplicação Máxima: não há

Movimentação Mínima: não há

Resgate Mínimo: não há

Saldo Mínimo: não há

Taxa de administração, de performance e demais taxas

Taxa de Administração Mínima*: R$ 21.066,67 (vinte e um mil e sessenta e seis reais e sessenta  e  sete  centavos)

Taxa de Performance: não há

Taxa de custódia máxima:R$ 5.266,67 (cinco mil, duzentos e sessenta e seis reais e sessenta e sete centavos) ao mês;

* Uma  vez  que não  contempla  as  taxas  de  administração  eventualmente  cobradas  pelos Fundos de Investimento.

Tributação aplicável

De acordo com a legislação vigente, o FUNDO   e seus cotistas estão sujeitos às regras de tributação descritas no formulário de informações complementares do FUNDO

Rentabilidade, observado o disposto nas “Diretrizes de Publicidade e Divulgação de Material Técnico

Rentabilidade  auferida  entre  o  último  dia  do  mês anterior e o último dia útil  do mês de referência do extrato.

Cumprir com todos os avisos determinados nas "Diretrizes de Publicidade e Divulgação de Material Técnico"

-

Referência ao local de acesso aos documentos do fundo e com explicitação do telefone da central de atendimento aos investidores

Os  cotistas  poderão  se  comunicar  com  o  ADMINISTRADOR  por  meio  do  Serviço  de Atendimento  ao  Cotista,  mediante  envio  de  correspondência  para  o  endereço : Avenida Paulista, nº 1.842, Torre Norte, 1º andar, conjunto 17, na cidade de São Paulo, Estado de São  Paulo,  CEP:  01310 -923 ,  ou  para  o  endereço  eletrônico  admregulatorio@finaxis .com.br.

Adicionalmente, caso não se sinta satisfeito com o atendimento  habitual, o  ADMINISTRADOR coloca à disposição do cotista a Ouvidoria 0800601 - 1313.

(1) Fundos de investimentos não contam com a garantia do administrador do fundo, do gestor da carteira, de qualquer mecanismo de seguro ou, ainda, do fundo garantidor de crédito – FGC

(2) A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de rentabilidade futura

(3) É recomendada a leitura do prospecto e regulamento do fundo de investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos

(4) A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos

(5) PARA AVALIAÇÃO DA PERFORMANCE DO FUNDO DE INVESTIMENTO, É RECOMENDÁVEL UMA ANÁLISE DE, NO MÍNIMO, 12 (DOZE) MESES.


 


anbimacomo-investir

FINAXIS - Curitiba, PR

Rua Pasteur, 463 11º andar

Água Verde CEP 80250-104

Tel. (41) 3074-0909

FINAXIS - São Paulo, SP

Av. Paulista, 1842 Torre Norte 1º andar cj. 17

Cerqueira Cesar CEP 01310-923

Tel. (11) 3526 9001